A luta contra a objetificação não pode parar, deve ser nosso foco, nosso objetivo central, só assim as mulheres serão livres e respeitadas! Chega de mulheres-objetos sendo expostas como carne pela sociedade conservadora e misógina, peloamordedeus, chega que eu não aguento mais ver tanto preconceito contra a mulher. A gente tem que tomar o protagonismo e subverter esse veículos da imprensa punheteira-fapeira nojenta!

A luta contra a objetificação não pode parar, deve ser nosso foco, nosso objetivo central, só assim as mulheres serão livres e respeitadas! Chega de mulheres-objetos sendo expostas como carne pela sociedade conservadora e misógina, peloamordedeus, chega que eu não aguento mais ver tanto preconceito contra a mulher. A gente tem que tomar o protagonismo e subverter esse veículos da imprensa punheteira-fapeira nojenta!



tagged as: um bifão e nada mais.
losttoy:

I feel we could all use some glass ceiling breaking.

- mas usando esse shortinho curto e mostrando esse decote todo você não vai quebrar nada, filhota.

losttoy:

I feel we could all use some glass ceiling breaking.

- mas usando esse shortinho curto e mostrando esse decote todo você não vai quebrar nada, filhota.



tagged as: Passivona do Patriarcado.
isso aí miga, não se deixe objetificar!unidas na luta contra o Patriarcado,contra a servidão voluntária,contra o mico.Preservar-se é elegante,preservar-se também é liberdade sexual!!

isso aí miga, não se deixe objetificar!
unidas na luta contra o Patriarcado,
contra a servidão voluntária,
contra o mico.
Preservar-se é elegante,
preservar-se também é liberdade sexual!!



tagged as: Pra que serve o sexo?.
Mulheres deveriam ser desencorajadas de suas aspirações artísticas, assim como o mercado imobiliário de Hollywood não deveria aceitar mulheres solteiras alugando ou comprando casas na região. A indústria pornô, esse monstro devorador de sonhos e hímens, não dorme e está à espreita das garotas que não fazem as escolhas certas na vida.
Não é indispensável a contribuição do Instituto Feminista de Estatística (IFemE) para a compreensão dos males da sociedade patriarcal?
(via feminismoaqui)

Mulheres deveriam ser desencorajadas de suas aspirações artísticas, assim como o mercado imobiliário de Hollywood não deveria aceitar mulheres solteiras alugando ou comprando casas na região. A indústria pornô, esse monstro devorador de sonhos e hímens, não dorme e está à espreita das garotas que não fazem as escolhas certas na vida.

Não é indispensável a contribuição do Instituto Feminista de Estatística (IFemE) para a compreensão dos males da sociedade patriarcal?

(via feminismoaqui)



tagged as: IFemE.
existem soluções no mercado se você desconfia que seu filho está se tornando um onanista, cara companheira na luta contra o Patriarcado. crie seu filho para não objetificar mulheres.

existem soluções no mercado se você desconfia que seu filho está se tornando um onanista, cara companheira na luta contra o Patriarcado. crie seu filho para não objetificar mulheres.



tagged as: cuidado: onanistas. pra que serve o sexo?.
objetificação das mulheres, sempre à espreita, até onde menos se espera.
namelessjoke:

the sex was just electrifying  

objetificação das mulheres, sempre à espreita, até onde menos se espera.

namelessjoke:

the sex was just electrifying  


AR Wear - A clothing line offering wearable protection for when things go wrong.

- Hoje, ao invés de pedir doações para o meu crowfunding feminista pra me sustentar enquanto eu estou feministando, peço pra que vocês doem para ajudar esse pessoal a colocar no mercado essa invenção revolucionária. Como o vídeo bem explica (repare na ilustração contundente do que é uma situação de risco: as mulheres brancas de saia indo à noite para uma festa e o senhor de aspecto ameaçador sentado olhando), esse dispositivo vai mudar muita coisa nessa sociedade Patriarcal.
Tudo bem que outros dispositivos do tipo já foram inventados, como aquela espécie de camisinha feminina cheia de dentes por dentro que deve ser usada internamente na vagina e espeta o pinto do estuprador de maneira tal que ele deve procurar ajuda médica para retirar os espinhos. Esse é melhor ainda, é um cinto de castidade que dispensa toda a necessidade de inserção - preservando assim, por exemplo, o hímen da menina. Tudo bem que algumas de nossas tetravós já usavam algo parecido, esse é por uma boa causa, é pelo bem das meninas que amamos.
O ideal é que toda a mulher use o tempo todo os dispositivos de prevenção de ataques, lembrando que toda mulher deve ter um spray de pimenta sempre ao alcance e manter sempre um apito no pescoço. (Para maiores informações, procure o curso de Introdução às Ações Defensivas I numa filial do IFemE mais perto de você.) Afinal é preciso, primeiro de tudo, termos consciência desse problema horrível que nós, mulheres, temos, pelo simples fato de sermos mulheres. É preciso lidar com ele, se cuidar. Precisamos saber da nossa vulnerabilidade! Esse novo item no kit-anti-estupro vai ser fundamental. Para as mulheres e para todos os pais, irmãos, maridos, enfim, todos aqueles que amam uma mulher.

Porque ninguém pode ter sorte o tempo todo. Porque às vezes as coisas dão errado. E quem é responsável se cuida.

Protejam-se!



tagged as: Pra que serve o sexo?. Webcurso: educação sentimental e conduta feminista. cuidado: onanistas. Patriarcado é nome de cachorro.

A special public service announcement from mskristinawong

Full episode of “I’m Asian American and… I Want Reparations for Yellow Fever” online now exclusively at http://www.myx.tv/IAAA!

- As máquinas de feministar estão sendo fabricadas em série e são um verdadeiro sucesso de vendas. Mais um sinal disso é que o mundo está percebendo que o que se via até agora como simplesmente “curtir uma japa” é na verdade uma *doença*. Mas claro, só se você for um homem branco, caso contrário, é normal.

Indenização às vítimas já!



tagged as: Pra que serve o sexo?. cuidado: onanistas.
20 Horrifyingly Sexist Headlines About Female Celebs (And the Shocking Results of Taking Out the Sexism)

Utilidade Pública:
Matéria feminista ensina jornalistas
como fazer reportagens não-sexistas

1. Ao falar de uma mulher, não mencione seu nome, afinal uma mulher é uma mulher. Por ex: ao invés de “Claire Daines”, “Jennifer Garner”,”Hilary Duff”, “Susanna Reid”, “Rihanna” etc., diga apenas: “mulher”.

2. Nunca, nunca mencione o corpo de uma mulher ou sua beleza, ignore completamente que ela pode ser um ser sexual. Lembre que o seu tesão - seu, do homem-branco-hétero-cis-jornalista e do homem-branco-hétero-cis-leitor - é seu e apenas seu e se impõe sobre as mulheres vitimizando-as, destruindo-as. Tenha noção do seu privilégio! Perceba que até uma simples manchete pode ser horripilante, quando aprendemos a enxergar o sexismo que elas convém. Lembre, em casos em que a mulher está vestida decentemente, que sua roupa é apropriada, como em por ex: “Mulher corre em roupa apropriada”. (Não que a roupa possa justificar a violência que a mulher sofre, mas é por isso mesmo que é sempre bom frisar que a mulher/vítima não estava vestida vulgarmente quando explicamos que ela não tem culpa por ter sido atacada, também para deixar claro como roupa nenhuma te salva quando você é mulher.)

3.Não importa se sua reportagem é sobre um homem - por ex., o ator famoso que ficou noivo. Se há uma mulher envolvida, ela deve estar em destaque e ser mencionada primeiro - e não esqueça: ela deve ser elogiada apenas por suas capacidades intelectuais!



tagged as: Elas enxergam a Matrix.
orgasmictipsforgirls:

IT’S PUBIC HAIR TALK TIME
listen up: we might all have a strategy to deal with pubes and stuff, but don’t believe for a second that being completely fucking hairless at all times is some kind of mandatory requirement for womanhood
because hair actually NATURALLY grows there, at a constant rate, on girls and guys. sure you can make there be less (or none!) sometimes, and that’s all good fun - but it’s not a never-ending super-itchy quest to ERADICATE ALL TRACE THAT YOU EVER HIT PUBERTY, it’s just meant to be a bit of self-pampering yeah?
you’re a woman, not a dolphin. hair happens, and guys, if you can’t deal with that, well…



- O que você está fazendo quando você se depila é:obedecer.ao.Patriarcado.
Ao arrancar os pêlos você está negando sua feminilidade natural, escamoteando-a, tentando ridiculamente se parecer com uma *CRIANÇA* que nunca chegou à puberdade, ou com um *GOLFINHO*.MULHERES DE VERDADE NÃO SE DEPILAM!Quem gosta mesmo de xoxota, gosta dela apenas se for coberta por uma espessa e maravilhosa camada de pêlos, duros e bem cultivados. Só eles são capazes de manter o aspecto, textura e cheiro de uma xoxota natural de uma *mulher de verdade*, como deus fez - e não o photoshop.
Essa questão é crucial!! Parem o desmatamento!!!!
Depilar é pagar mico.

orgasmictipsforgirls:

IT’S PUBIC HAIR TALK TIME

listen up: we might all have a strategy to deal with pubes and stuff, but don’t believe for a second that being completely fucking hairless at all times is some kind of mandatory requirement for womanhood

because hair actually NATURALLY grows there, at a constant rate, on girls and guys. sure you can make there be less (or none!) sometimes, and that’s all good fun - but it’s not a never-ending super-itchy quest to ERADICATE ALL TRACE THAT YOU EVER HIT PUBERTY, it’s just meant to be a bit of self-pampering yeah?

you’re a woman, not a dolphin. hair happens, and guys, if you can’t deal with that, well…

deal with it.

- O que você está fazendo quando você se depila é:
obedecer.
ao.
Patriarcado.

Ao arrancar os pêlos você está negando sua feminilidade natural, escamoteando-a, tentando ridiculamente se parecer com uma *CRIANÇA* que nunca chegou à puberdade, ou com um *GOLFINHO*.
MULHERES DE VERDADE NÃO SE DEPILAM!
Quem gosta mesmo de xoxota, gosta dela apenas se for coberta por uma espessa e maravilhosa camada de pêlos, duros e bem cultivados. Só eles são capazes de manter o aspecto, textura e cheiro de uma xoxota natural de uma *mulher de verdade*, como deus fez - e não o photoshop.

Essa questão é crucial!! Parem o desmatamento!!!!

Depilar é pagar mico.



tagged as: Passivona do Patriarcado.
Nós somos muito a favor de empoderamento das mulheres, especialmente através de artes marciais e noções de defesa pessoal, só assim nós estaremos capacitadas para responder ao Patriarcado na única linguagem que ele entende. Além disso, é maravilhoso poder dispor de seu corpo que não seja como um objeto sexual e sim um instrumento de luta em si mesmo, forte, poderoso, munido das armas que estiverem ao nosso alcance - especialmente as da cozinha.
Gostaríamos apenas de esclarecer que em português “empowerment” quer dizer EMPODERAMENTO e não empoNderamento. Urge não confundir, não caia nessa de se emponderar! Não pondere - incomode!

Nós somos muito a favor de empoderamento das mulheres, especialmente através de artes marciais e noções de defesa pessoal, só assim nós estaremos capacitadas para responder ao Patriarcado na única linguagem que ele entende. Além disso, é maravilhoso poder dispor de seu corpo que não seja como um objeto sexual e sim um instrumento de luta em si mesmo, forte, poderoso, munido das armas que estiverem ao nosso alcance - especialmente as da cozinha.

Gostaríamos apenas de esclarecer que em português “empowerment” quer dizer EMPODERAMENTO e não empoNderamento. Urge não confundir, não caia nessa de se emponderar! Não pondere - incomode!



tagged as: Elas enxergam a Matrix. great quotes don't need context.
Li por aí que teve uma fulana que uma vez escreveu uma tese ou um tuite sobre o processo da objetificação que funciona exatamente assim.
Só a Burca nos protegerá!

Li por aí que teve uma fulana que uma vez escreveu uma tese ou um tuite sobre o processo da objetificação que funciona exatamente assim.

Só a Burca nos protegerá!



tagged as: um bifão e nada mais. Pra que serve o sexo?. great quotes don't need context.
Determinismo de gênero: toda mulher tem uma história de horror pra contar, isso é um fato. E, claro, todo homem tem uma história de horror pra causar. Por isso 99% das mulheres prefere ficar em casa a sair. Ou você reconhece isso, ou está em negação e não entendeu nada sobre o mundo. Todo o mundo sabe que a sociedade em que vivemos é feminicida. Não é fácil admitir, mas ser mulher é viver com uma sentença de agressão e/ou morte, e perceber e admitir isso é o primeiro e último passo da luta feminista.
Eu quero agradecer às minhas lindas do IFemE que abriram meus olhos pra essa realidade. Eu antes saía à noite e nem percebia os horrores que me cercavam, eu era uma tapada, mas hoje minha vida mudou, minha conta no tuiter tá bombando e meu computador virou a minha máquina de feministar para trazer mais meninas para nossa luta. Venha você também!

Determinismo de gênero: toda mulher tem uma história de horror pra contar, isso é um fato. E, claro, todo homem tem uma história de horror pra causar. Por isso 99% das mulheres prefere ficar em casa a sair. Ou você reconhece isso, ou está em negação e não entendeu nada sobre o mundo. Todo o mundo sabe que a sociedade em que vivemos é feminicida. Não é fácil admitir, mas ser mulher é viver com uma sentença de agressão e/ou morte, e perceber e admitir isso é o primeiro e último passo da luta feminista.

Eu quero agradecer às minhas lindas do IFemE que abriram meus olhos pra essa realidade. Eu antes saía à noite e nem percebia os horrores que me cercavam, eu era uma tapada, mas hoje minha vida mudou, minha conta no tuiter tá bombando e meu computador virou a minha máquina de feministar para trazer mais meninas para nossa luta. Venha você também!



tagged as: IFemE.
hollabackct:

February 27, 1923. “Miss Alice Reighly, 1409 Harvard Street, president of Anti-Flirt Club, which has just been organized in Washington, D.C., and will launch an ‘Anti-Flirt Week’ beginning March 4. The club is composed of young women and girls who have been embarrassed by men in automobiles and on street corners.” 

hollabackct:

February 27, 1923. “Miss Alice Reighly, 1409 Harvard Street, president of Anti-Flirt Club, which has just been organized in Washington, D.C., and will launch an ‘Anti-Flirt Week’ beginning March 4. The club is composed of young women and girls who have been embarrassed by men in automobiles and on street corners.” 



tagged as: Webcurso: educação sentimental e conduta feminista.
It’s awesome that a movement of women supposedly hating men is complete and irrefutable proof that [women are] wrong, but all the woman-hating men are Great Men and great artists and cool, admired role models, like rappers or rock stars or all of those philosophers who thought women were inferior. Imaginary man-hating is condemned and yet real woman-hating is celebrated. Why shouldn’t I hate men? Clearly they hate me and that impacts my life daily.

-

Blamer Fictional Queen via I Blame the Patriarchy

I want this remembered every time feminists feel the need to apologize for the movement because some members of it have been accused of man-hating. I will not consider it a legitimate criticism until this culture has been purged of its need to glorify men who hate women - indeed, until they’re no longer elected to legislative positions.

(via stfufauxminists) (via bitchitoldyouigottaste) (via kalopsiamatic)